LUDOV-MIRAGEM_CAPA_800x800
get it here:
iTUNES
release date:

May 22, 2014

share:

Ficha Técnica

Produzido por Arthur Joly.
Gravado nos Estúdios da Reco-Head, Estúdio da Casa Tomada e Estúdio 12 Dólares, de Maio de 2013 a Janeiro de 2014.
Mixado e masterizado por Arthur Joly na Reco-Head.

Todas as músicas por Hurso Ambrifi, Paulo Chapolin, Vanessa Krongold, Mauro Motoki e Habacuque Lima, exceto:
O Fim da Paisagem por Habacuque Lima.
Reparação por Mauro Motoki.
Sétima Arte por Hurso Ambrifi, Paulo Chapolin, Vanessa Krongold,
Mauro Motoki, Habacuque Lima e Piero Damiani
.
Copo de Mar por Habacuque Lima e Tainá Azeredo.

Arranjos vocais por Piero Damiani.
Arte da capa por Gabriel Bá.
Design gráfico por Edu Filomeno.

Lançamento Independente
Maio de 2014

Miragem

  • A1. Copo de Mar
  • A2. Na Fila do B52's
  • A3. Cidade Natal
  • A4. Congelar
  • A5. Quem Cuida da Casa
  • B1. De Cima do Muro
  • B2. Reparação
  • B3. Perspectiva
  • B4. Sétima Arte
  • B5. O Fim da Paisagem

RELEASE

Quando a gente se reuniu no início de 2013 pra pensar sobre o que seria nosso novo disco, uma coisa era bem clara: novamente a gente queria dar uma sacudida na forma como criamos e produzimos música.

Depois de mais de uma década juntos, é natural que cada um dentro do grupo vá encontrando o seu lugar mais confortável, seu método de trabalho e sua voz. Pois é, a gente queria desconstruir isso um pouco. E foi por esse motivo que, depois de ter lançado a trilogia de EPs (Minha Economia, O Paraíso e Eras Glaciais) em comemoração aos dez anos de Ludov, produzidos por nós mesmos e gravados no estúdio 12 Dólares (do Mauro Motoki e do Fabio Pinczowski), procuramos o Arthur Joly e seu estúdio Reco-Head pra essa empreitada.

O Arthur, além de ser um grande amigo, é o responsável pelos Reco-Synths, sintetizadores analógicos construídos por ele mesmo ali no seu estúdio. É claro que a gente estava de olho nesses instrumentos incríveis, e contamos com eles pra iniciar o processo de criação desse disco. Começamos a nos reunir duas, três vezes por semana no estúdio pra aprender a controlar os synths e começar a compor, juntar ideias e jogar conversa fora. Foram alguns meses até que as primeiras músicas começassem a aparecer. Muitas composições foram descartadas no caminho, muitas outras foram surgindo, se mesclando e, no final, chegamos a essas 10 músicas, em sua grande maioria compostas em conjunto, ali dentro da sala de gravação.

Miragem é o nome que escolhemos pro disco. Como se fosse possível ver, ali na meia-luz do estúdio, entre cabos e centenas de botões, as músicas que estavam aguardando serem descobertas. Como se a gente já ouvisse desde muito tempo antes essas canções nos rondando, esperando a hora certa de se tornarem realidade. As letras de Miragem trazem dúzias de imagens bastante reais que se encontram com situações fantásticas, criando o espaço possível para o ouvinte encaixar a sua própria história. É o caso por exemplo de Congelar ("atravessando o viaduto eu vi/ eu vi o vento congelar") e dos versos iniciais de Cidade Natal ("voltarei mais velho e só / com uma câmera na mão / como um estrangeiro a visitar / minha infância").

Tentamos também fazer experimentos novos sobre como escrever essas músicas, algumas em formato condensado como em Quem Cuida da Casa, que possui apenas três versos ("Quem vai cuidar da casa / quando eu não estiver aqui / quando eu estiver fora de mim"), ou em uma ideia mais complexa, como em De Cima do Muro, onde cada um dos compositores sugeriu um verso sem estar consciente do contexto inteiro da canção.

A colaboração entre os profissionais que construíram esse disco também é um ponto muito importante para esse resultado. Como citado, o disco foi produzido pelo Arthur Joly, que também gravou alguns dos sintetizadores; Hurso Ambrifi compôs as músicas conosco, nos acompanhando em todo o processo de criação, além de gravar os baixos; Piero Damiani compôs conosco a faixa Sétima Arte, montou os arranjos de vozes junto com a banda e gravou diversos deles em várias músicas, além de participar tocando piano.

Fora do âmbito musical, as colaborações continuaram: Sharon Eve Smith, fotógrafa que nos acompanha desde o começo, fez as fotos de divulgação; Eduardo Filomeno, membro da formação original do Ludov, é o responsável por todo o design do projeto; e Gabriel Bá, outro talentoso amigo de longa data, quadrinista premiado, foi convocado para fazer a arte da capa do LP, que merece um parágrafo à parte.

Depois de termos conversado com o Bá sobre as músicas, sobre como estava sendo gravado o disco e como seria o resultado físico dele (o disco de vinil, finalizado graças aos nossos apoiadores do projeto no site Catarse), enviamos as músicas pra que ele pudesse ouvir e se inspirar. Bá foi muito generoso em seu envolvimento, e reservou um tempo de sua agenda concorrida para mergulhar a fundo no universo das letras do disco e ilustrá-las de maneira muito original.

E foi assim que nós nos apaixonamos por esse disco, por essas músicas e pelas imagens transmitidas por elas. Como se, em algum lugar além da paisagem, fosse possível enxergar a miragem do futuro que nos aguarda.

A ilustração do Gabriel Bá

por Mauro Motoki

A capa do nosso novo álbum, Ludov - Miragem, foi ilustrada pelo Gabriel Bá. Muitos já estão familizariados com o nome e a obra desse que é um de nossos quadrinistas mais talentosos, vencedor do prestigiado Eisner Awards, uma espécie de Oscar dos quadrinhos, entre outros prêmios importantes. Pra quem ainda não o conhece - nem seu trabalho em grande parte dividido com seu irmão gêmeo Fabio Moon - esperamos que esse primeiro contato com seus traços e cores através do nosso disco leve a muitos momentos frutíferos de leitura e apreciação.

Conheci o Bá primeiro por um desenho seu no Centro Acadêmico da ECA-USP, onde fomos contemporâneos, ilustrando um típico estudante daquela faculdade, ou um típico calouro, não me lembro ao certo. Sei que me chamou a atenção. Embora não tenhamos tido muito contato na época, depois sempre ouvia colegas mencionarem seu indiscutível dom para o desenho.

Ao longo dos anos, virei leitor do fanzine 10 Pãezinhos, e fui acompanhando entusiasmado cada lançamento. Daytripper, do Bá e do Moon, lançado em 2011, é um dos melhores livros que já li, em qualquer formato, quadrinhos ou tradicional.

No Ludov, sempre reforçamos que nossas influências vão além da música: que filmes e livros podem nos dar muito mais estímulo criativo que uma canção. Assim, faz tempo que vínhamos desejando ter algo do Bá em alguma obra nossa. E de maneira mais sutil, talvez sua produção já esteja dialogando com a nossa há algum tempo. Em 2006, comentei com ele a feliz coincidência de uma letra nossa, "Adeus, sol da manhã/ mesa pra dois / Grande Maçã…", de Delírio, conter o título de um livro da dupla lançado na mesma época (muito bom por sinal). E ano passado, encontrei com o Bá na plateia do Lollapalooza, pouco depois de tocarmos, e batemos um papo sobre processo criativo e metodologias de trabalho. Nessa época, a banda já havia iniciado as composições do novo disco, e desde então seu nome sempre esteve como primeira opção para a capa do tão sonhado vinil.

É com muito orgulho e admiração que apresentamos essa ilustração rica, que tão bem capturou alguns dos sentimentos dessas letras e dessas músicas.

Para conhecer mais do trabalho do Gabriel Bá, visite seu blog com o Fabio Moon: 10paezinhos.blog.uol.com.br e procure seus livros nas melhores livrarias online e físicas.

Galeria de Apoiadores

Este disco foi editado em vinil graças à colaboração de:

Admilson Matias
Alan Porto
Alex Torrez
Alexandre Fagundes
Alexandre Nobrega
Almir Veloso de Andrade
Amanda
Amanda Trotsiuk
Ana Lígia Fontes Soares
Ana Martins
Ana Neumann
Ana Paula Meneses
Anderson Martins Ferreira
Andre Franca
André Gomes Lamas Otero
André Kondo
André Seitsugo
André Tinoco
Andrea Hiranaka
Andrezza Gomes Bastos
Arthur Joly
Bernardo Modenesi
Bruna Oewel
Bruno Gobbo
Camilla Sayuri Kamiya
Camila Sousa
Carlos Caetano
Carlos Ferreira
Carlos H. Escobar
Carlos Shine
Chandra Campos Lima
Cinthia Kawakami
Cleber De Paula Machado
Cris Ueda
Daniel Leal
Daniel Reenlsober
Daniele Nascimento
Dinho Yoshimoto
Diogo Rocha
Duende Doido
Dulcemary de Barros Miranda
Edson Marquezani
Eduardo Vieira
Edymara Monte
Emyle Araújo
Ennio Ea Tatiane
Erica Ferrari
Evandir Barbosa
Fabiana Ferraz Mencaroni
Fabiana Makiyama
Fabrício Nobre
Felipe Cotta
Felipe De Souza Oliveira
Fernando Goulart
Fernando Okuma
Fernando Viana
Francisco da Silva Santos
Gabi Hashimoto
Gilberto
Goy Almeida
Gregório de Almeida Fonseca
Guilherme Bezerra
Hanilton Scofield
Helton Costa
Heitor Person
Helber Marcondes da Silva
Isabel Franchon Prado
Janaína Moitinho
Janete Sawada
Jefferson Testi
Jéssyka Kawaii
Jesus Sanchez
jguifranca
Joana Germani
Jorge Ferreira
Joyce Freitas
Joyce Teixeira
Jozzy Manolo
Juliane Almeida
Julio Melo
Kamila de Mesquita Campos
Kildary Klein
Lanna Vogel Saavedra
Lara RC
Laura Inafuko
Leandro Bianchi Mendes
Lele Machado
Lílian Fernandes
Liliane Rogerio dos Santos
Lisi Kindlein
Luana Azeredo
Lúcia Fragoso Calasso
Luciana Crepaldi
Luis Fernando Paiva Lacerda
Marcela Reinhardt
Marcelo Kiil
Marcelo Machado
Marcelo Souss
Marcio Lage de Freitas Junior
Márcio Viana
Marcio Yonamine
Marcos Ferri
Marcos Paulo
Maria Del Mar Reyes
Mariana Krauss
Marlos Ápyus
Melchisedec B. S. Junior
Miguel Martins
Mona Sara dos Santos Guimarães
Monica Clavico Alves
Natália Barros
Nathaly Tavoni
Nayra Ferreira e Ferreira
Nelly Moretzsohn
Nicole Kharsa
Odirleia Ventura
Paula Fernanda
Paulo Martini
Pedro Cupertino
Pedro Ivo Alcantara
Pedro Nakazato Andrade
Philippe B. Miranda Moura
Priscila Helena de Souza
Priscila Lima
Rafael Lignani
Rafael Lopes
Rafael Pena
Renata Jay Hashimoto
Renato Abdo
Renato Aoki
Renato Santos Júnior
Ricardo Amaral Filho
Ricardo Nakakubo
Ricardo Ruiz Martos
Ricardo Yasuda
Rimara Motta
Roberto Rodríguez
Rodrigo Carvalho
Rodrigo Lemos
Rodrigo Santana
Roger Valença
Rogerio Rocha Ferreira
Sandro Vieira
Sara Sian
Semiramis Marques Moreira
Sharon Eve Smith
Sidnei Bonifácio Alves
Talita Denardi
Tatiana Marimba
Thalles Damasceno Lizardo
Thiago Augusto Corrêa
Thiago Britto
Thiago Perin
Tulio Nakazato da Cunha
Virgilio Moraes
Viviane Marini
William Lima
Willian J. Santos
Xuão.